simple offline web site generator







PROGRAMAÇÃO

4 DE SETEMBRO DE 2018

• 8h: Credenciamento 

• 8h30 - 9h: Apresentação de banners

• 9h - 12h: Minicursos

• 13h30 - 15h30: Apresentações orais

• 15h30 - 16h: Lançamentos de livros 

• 16h - 18h: Mesa redonda

 5 DE SETEMBRO DE 2018

• 8h30 - 9h: Apresentação de banners 

• 9h - 12h: Minicursos

• 13h30 - 15h30: Apresentações orais

• 15h30 - 16h: Lançamentos de livros 

• 16h - 18h: Mesa redonda

• 18h - 18h30: Premiação

6 DE SETEMBRO DE 2018
• 8h - 12h: Visita técnica

APRESENTAÇÕES DE TRABALHOS

O V Congresso Brasileiro de Resíduos Sólidos aprovou 107 artigos que serão apresentados nos dias 4 e 5 de setembro, no Recife.

Estes trabalhos representam 46 entidades, dentre universidades e institutos de pesquisa, de diversas partes do país, contabilizando a participação de 17 estados brasileiros. Serão 85 artigos em apresentações orais e 22 apresentações de banners.

Os artigos melhor avaliados pela comissão técnico-científica serão premiados com

Menção Honrosa.


Você pode acessar e baixar, na íntegra, os trabalhos que farão parte da programação do evento. 


Clique e confira!

ACESSAR TRABALHOS

MINICURSOS

Indicadores da Sustentabilidade Urbana

Ministrante: Profa. M.Sc. Amanda Estefânia de Melo Ferreira (UFOPA)
Breve histórico do Desenvolvimento Sustentável. Conceituação de Sustentabilidade e Sustentabilidade Urbana. Principais Métodos de mensuração a sustentabilidade. Sistema de Índices de Sustentabilidade Urbana. Índice de Qualidade Ambiental. Índice de Capacidade Político Institucional. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. Saneamento básico e sua importância para sustentabilidade urbana, saúde e qualidade de vida, geração de renda e salubridade ambiental.

Inovações e oportunidades das Políticas Públicas para Redução da Geração de Resíduos

Ministrante: M.Sc. Will Sandes de Melo (Ministério do Meio Ambiente)
Princípios e instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos ligados a redução da geração dos resíduos. Demonstrar como a necessária implementação da política gera inovação e oportunidades de negócios. Evolução das políticas de gestão de resíduos; Instrumentos econômicos e de Comando e controle previstos pela PNRS e o Planejamento/Diagnóstico/ Condições para suas implementações; Mercado formal/informal de reciclagem; Fiscalização/Monitoramento; Casos de inovação no Brasil e no exterior.

Potencial energético de resíduos sólidos urbanos (RSU) em processos de conversão pelas rotas bioquímica e termoquímica

Ministrantes: Profa. Dra. Juliana Toneli (UFABC), Prof. Dr. Hernán Venegas (UNILA) e Profa. Dra Graziella Colato (UFABC)
Retrato do aproveitamento energético de resíduos sólidos urbanos no Brasil e no mundo; Amostragem, caracterização e preparo de resíduos visando seu aproveitamento energético; Rota Bioquímica (biodigestão anaeróbia): potencial de aproveitamento energético de resíduos; Rota termoquímica (combustão, gaseificação e pirólise): potencial de aproveitamento energético.

Riscos e Prevenção da poluição hídrica por Resíduos Sólidos Orgânicos: Cianobactérias e eutrofização

Ministrante: Profa. Dra. Andressa Ribeiro de Queiroz (UNINASSAU-RN)
Processo de eutrofização devido a resíduos sólidos orgânicos; Legislação ambiental (Plano Nacional de Recursos Hídricos - Lei 9.433/97 e Plano Nacional de Resíduos sólidos - Lei 12.305/10); Alterações em corpos hídricos e Biota, Florações algais (principais espécies e toxinas); Impactos nos ambientes aquáticos e riscos à saúde; Métodos de recuperação de áreas degradadas, Prevenção e controle.

Tecnologia e Patentes Verdes Aplicadas a Resíduos Sólidos

Ministrante: Prof. Dr. Antônio Pinheiro (UFOPA – ICTA)
Tecnologia Verde definição e aplicação na redução de dos resíduos sólidos; Patente verde sua definição pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI), sua aplicação como auxilio à efetivação dos objetivos da Política Nacional de Resíduos sólidos; a Engenharia Verde e a busca por soluções mais sustentáveis, e o uso de Patentes verde como instrumento que pode auxiliar no reuso, na reciclagem e processamento de resíduo sólidos.

Gestão de Resíduos em meios de hospedagem

Ministrantes: Profa. Dra. Vanice Santiago Fragoso, M.Sc. Wagner José de Aguiar e M.Sc. Áurea Nascimento Mesquita (UFPE)
Gestão ambiental e de meios de hospedagem: conceitos básicos e interfaces. Gestão de resíduos: legislação, instrumentos e aplicações em meios de hospedagem. A análise SWOT como ferramenta para o planejamento e a gestão de resíduos em meios de hospedagem. Cases de sucesso de gestão de resíduos em meios de hospedagem no Brasil e no exterior.

Coleta seletiva solidária: Oportunidades e desafios na Região Nordeste

Ministrantes: Profa. Dra. Aline Carolina da Silva (Unipê-PB) e M.Sc. Rodrigo Cândido Passos da Silva (UFPE)
Coleta seletiva, Arcabouço regulatório, Tripé da coleta seletiva (tecnologia, educação e mercado), Coleta seletiva solidária, Experiências no Brasil e no mundo, Fluxo de resíduos na região nordeste, oportunidades de mercado, recomendações e inovação no setor.

PALESTRAS


INOVAÇÕES NO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

04 de setembro


Coordenador

Profº Drº. Romildo Morant, Universidade Federal Rural de Pernambuco – PE


Palestra: Projeto Carbono Zero

M.Sc. Lidiane Almeida Pessoa, Orgânica Engenharia & Consultoria - PE


Palestra: Inovação: panorama geral

Prof. Dr. Nelson Fernandes, Instituto de Tecnologia de Pernambuco – PE 


Palestra: Internet das coisas: desenvolvimento de soluções no tratamento de resíduos sólidos

Sr. Leonardo Lima, Coordenador do LOUCo (Laboratório de Objetos Urbanos Conectados) – PE 


Palestra: Catadores de materiais recicláveis: empoderamento e visibilidade (Cataki)

Srª. Elissa Fichtler, Movimento Pimp My Carroça – SP


Palestra: Recicletool: um caso de sucesso

Sr. Thiago Dantas, Sócio-Diretor da Recicletool - PE



EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

05 de setembro


Coordenador

Prof. Dr. José Amilton, Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE


Palestra: Empreendedorismo: processos produtivos e operacionais na gestão de resíduos sólidos

Sr. Maurício Schneck, Sócio-Diretor da Schneck Consultoria - PE


Palestra: Empreendedorismo social: “Plante amor e colha o bem” um caso de sucesso

Sr. Rafa Mattos, Fundador do projeto “plante amor e colha o bem” - RJ


Palestra: Aceleradora de negócios: Desenvolvendo soluções urbanas

Srª Amanda Lopes, Jump Brasil - PE

MESAS INSTITUCIONAIS


04 DE SETEMBRO


ASA

O projeto Mundo Limpo Vida Melhor, da ASA, coleta, há 9 anos, gordura utilizada para fritura e encaminha para a reciclagem. Ao todo são 500 pontos de entrega, distribuídos em 47 municípios da Região Metropolitana do Recife, Agreste e Zona da Mata do Estado de Pernambuco. A ASA conta com 2.800 coletores e já sensibilizou mais de 85 mil pessoas, tendo reciclado 5,5 milhões de litros de óleo, que se transformaram em sabão em barra da marca Bem Te Vi.


Lógica Ambiental Ltda.

A Lógica Ambiental é a empresa responsável pela operação da Estação de Tratamento de Esgoto - ETE Curado. Atua na área de saneamento e esgotamento sanitário, realizando beneficiando de efluente e compostagem de resíduos Classe II - A. É uma opção vantajosa para empresas que buscam qualidade e comprometimento ambiental no beneficiamento de efluentes e resíduos, com transparência e comodidade na gestão.


Ceasa

O Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco – CEASA/PE é uma Organização Social (OS) de direito privado, sem fins lucrativos, vinculada à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária - SARA, tornando-se a primeira do sistema CEASA do País a adotar o padrão de gerenciamento administrativo com a participação, interativa e participativa, dos seus permissionários. Estas duas entidades, em parceria, vêm disponibilizando composto orgânico para a produção agrícola, elevando a qualidade de frutas e verduras comercializadas.


Porto Digital

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil e é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Localizado no Recife, sua atuação se dá nos eixos de software e serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa (EC), com ênfase nos segmentos de games, cine-vídeo-animação, música, fotografia e design.

Desde 2015 o Porto Digital também passou a atuar no setor de tecnologias urbanas como área estratégica.


Camará Shopping

O Camará Shopping integra o Projeto Reserva Camará, composto de shopping center, torres residenciais, torres empresariais, museu, centro de convenções, hotel, faculdade e call centerO projeto preserva oito hectares de fauna e flora. Toda a construção foi pensada de forma sustentável, com a aplicação de técnicas de construção civil e soluções inovadoras, como a instalação de um biodigestor para a geração de energia alternativa. O Camará Shopping já ganhou mais de uma dezena de prêmios de boas práticas antes mesmo de sua inauguração, como o da Câmara Brasileira da Construção Civil – CBIC SP, Fiepe e Fecomércio – SP.




05 DE SETEMBRO


Crea-PE

O objetivo é facilitar o trabalho da fiscalização e evitar autuações impróprias por parte do Crea-PE. De acordo com a legislação vigente do Crea, a anuidade de profissionais e empresas registradas(os) nos Conselhos é devida, a partir do primeiro dia do exercício. O Governo Federal, através do Decreto Federal nº 23.569, de 11 de dezembro de 1933, regulamentou o exercício profissional. Foi criado o Sistema Federal de controle do exercício profissional do engenheiro, arquiteto e agrimensor, com jurisdição em todo o País, composto de um órgão central coordenando outros órgãos regionais com atuação em todas as unidades.


Orgânica Engenharia & Consultoria

A Orgânica Engenharia & Consultoria uma empresa multidisciplinar incubada pela Incubatec UFRPE, formada por estudantes da universidade com o objetivo de colocar em prática o aprendizado de diferentes cursos na área da sustentabilidade para o mercado de trabalho, empreendendo com técnicas ambientalmente corretas, visando multiplicar o desenvolvimento sustentável.


Plante amor, colha o bem

Natural do Rio de Janeiro, o fotógrafo, ilustrador, desenhista e artista gráfico Rafa Mattos, de 32 anos, que adotou Recife como lar há dois anos e meio, cria peças com o objetivo de promover a sustentabilidade e chamar a atenção dos recifenses para pensar sobre o poder do amor e das práticas cidadãs usando sucatas que encontra pelas ruas da capital pernambucana.


Paletes e Pinus

Móveis e objetos feitos sob medida utilizando madeira de reaproveitamento, unindo criatividade e sustentabilidade em peças inteligentes e funcionais.

VISITAS TÉCNICAS

COMPLEXO DE SUAPE

Com uma área de 13,5 mil hectares, o Complexo de Suape destina 59% de seu território à preservação ambiental, dentro da Zona de Preservação Ecológica (ZPEC). Esta zona é caracterizada pela diversidade ecológica dos biomas mata atlântica, restinga e mangue,  estando situada nos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca.
Suape possui um viveiro, desde 1995, com capacidade para produzir 450 mil mudas anualmente de espécies de mata atlântica. Na área de educação ambiental, a administração oferece cursos e oficinas referentes à pedagogia ambiental e ao desenvolvimento sustentável, nos moldes do Programa Ambiental das Nações Unidas.
Desenvolve ainda o Programa Águas de Suape, pioneiro em cursos d’água no Brasil. 

ARENA DE PERNAMBUCO

Palco de cinco partidas da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, a Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, agora é internacionalmente reconhecida como um estádio ecologicamente correto. Aproveitamento de água de chuva, sistemas de automação predial, gerenciamento de resíduos sólidos e usina de energia solar foram algumas das iniciativas que possibilitaram ao empreendimento a conquista do nível prata da certificação internacional LEED, selo utilizado em mais de 140 países que identifica o empreendimento como sustentável. A visita à Arena de Pernambuco consiste em percorrer as áreas técnicas da Arena e mostrar as ações e os equipamentos de Sustentabilidade e as curiosidades de Engenharia, posteriormente, iremos para a Usina Solar que fica em um anexo da Arena.

SIGA-NOS